22 de novembro de 2009

PAPAI?!

A história do papai Noel que você conhece desde criança não é bem a história verdadeira... Eu lamento mesmo acabar com suas crenças, mas... A história do papai Noel começa num circo, com uma das primeiras mulheres barbadas já existentes no mundo.


Era um circo bastante exótico. Junto com a mulher barbada apresentava a mulher-homem (homem com corpo de mulher, o que chamamos hoje de travesti). Eles eram casados. Depois que se aposentaram queriam ter um filho. E conseguiram, em termos. Ninguém sabe o que aconteceu exatamente. O que se sabe é eles ficaram imortais quando a mulher barbada estava grávida. Ela ficou por muito tempo depressiva. Mas seu marido conseguiu convencê-la a fazer algo para, de alguma forma, preencher o buraco que havia ficado nela.

Foi aí que eles decidiram que a mulher barbada, já que estava velha e feia, se fingiria de homem e seu marido de mulher. E como a mulher barbada gostava muito de crianças, ela resolveu presenteá-las uma vez ao ano, no dia que seria o aniversário de seu filho, se ele tivesse nascido. A mulher barbada e o mulher-homem se auto nomearam de papai e mamãe Noel, que era o nome do circo onde eles trabalhavam, o circo Noel.

Você deve estar se perguntando se eu não sou uma louca por ter inventado essa história. Mas é a verdade. Eu e minhas amigas estivemos com o “papai” Noel e o incrível foi que “ele” confirmou a história, que eu já conhecia.

Perguntei para ela o que tinha acontecido com o filho dela. Ela disse que ele ainda estava em sua barriga protegido. Que, como ela, ele não envelhecia e é imortal.

Baseado na história de Lucas Milken.

Um comentário: