2 de dezembro de 2009

Trajetória

De repente sua garganta se fechou em um nó apertado. Teve dificuldades para respirar. Não tinha nenhum motivo evidente para que se sentisse tão mal. As lágrimas escorreram por suas face. Percorriam todo seu trajeto quentes, deixando rastros frios. E quando todas elas já haviam saído, o nó se desfez. Dando origem a sorriso triste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário